Processo de Acolhimento na SaúdePowered by Rock Convert

O Cartão Nacional de Saúde faz parte de um sistema de informação de base nacional, que permite a identificação dos usuários das ações e serviços de saúde por meio de um número único para cada cidadão, válido em todo o território nacional.

Desta forma, o usuário do SUS é vinculado aos serviços de saúde, ações e campanhas, ao profissional e, também, ao estabelecimento responsável pela realização dos serviços e ações de saúde.

O Cartão Nacional de Saúde é fundamental para a organização do fluxo de atendimento nas instituições de saúde, além de melhorar o trabalho dos gestores por meio de uma gestão transparente de processos internos, das pessoas e recursos.

Neste post, você vai entender o que é o cartão nacional de saúde, a sua importância para os gestores e para os cidadãos e muito mais!

Continue conosco!

O que é Cartão Nacional de Saúde?

O Cartão Nacional de Saúde (CNS) permite a identificação dos usuários das ações e serviços de saúde através de um número único fornecido a cada cidadão, válido em todo o território nacional. 

O programa do CNS é coordenado pelo Ministério da Saúde, disponibilizando aos usuários e aos profissionais de saúde autorizados, os dados e informações dos atendimentos realizados nas unidades de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Quem é responsável pela emissão do Cartão Nacional de Saúde?

A emissão do documento de identificação do usuário do SUS, com a numeração fornecida pelo Ministério da Saúde, é de responsabilidade dos Estados, Distrito Federal e Municípios, que deverão seguir as especificações de padrão e layout definidas.

É válido ressaltar que o sistema do CNS pode ser dividido em três níveis:

  • Nível Municipal: Composto pelos servidores municipais responsáveis pelo processamento e armazenamento dos dados dos usuários e de todos os atendimentos realizados no município;
  • Nível Estadual: Em que os servidores são responsáveis pelo armazenamento das informações totalizadas dos usuários e também dos atendimentos realizados no estado;
  • Nível Federal: Os servidores são responsáveis pelo armazenamento das informações consolidadas dos usuários e dos atendimentos realizados em todo o país.

É importante ressaltar que o SUS funciona de forma referenciada. Ou seja, quando o gestor local da unidade da rede própria do Estado não dispõe do serviço que o usuário do SUS necessita, encaminha-o à outra localidade que oferece o serviço.

O encaminhamento e a rede referenciada de atenção à saúde são pactuados entre os municípios.

Sendo assim, o Cartão Nacional de Saúde é considerado suporte para que as assistências aos pacientes sejam realizadas de forma organizada e resolutiva.

Cartão Nacional do SUS

Princípios do Sistema do Cartão Nacional de Saúde

Agora que você já conhece a responsabilidade da emissão do documento e armazenamento dos dados do CNS, entenda os princípios do sistema:

  • Privacidade;
  • Garantia de Acesso;
  • Instrumento de implementação do SUS;
  • Validade em todo o país.

Os gestores das instituições de saúde pública obtêm vantagens com a implementação do CNS, como veremos a seguir:

  • Acesso a informações estruturadas por meio de sistemas de análise para subsidiar o planejamento e a determinação de prioridades das ações de saúde;
  • Agilidade no acompanhamento da rede prestadora de serviços;
  • Acesso mais rápido e simples a dados de saúde de todas as regiões do país;
  • Auxílio na identificação de áreas problemáticas e na formulação de políticas, devido à agilidade da disponibilização de informações gerenciais;

Entre outros benefícios.

A implementação de um sistema de gestão da saúde pública na instituição da rede própria do Estado é importante para que todo o processo gerencial esteja bem documentado, organizado e haja transparência na utilização dos recursos.

A pandemia causada pela disseminação do novo coronavírus (Covid-19), provocou uma crise sanitária sem precedentes, além de mostrar a importância de se contar com um sistema de gestão nas unidades de saúde.

Controlar o fluxo de atendimento, gerenciar leitos, medicamentos e insumos, além de economizar e alocar recursos de forma eficiente, são atividades que reforçam a sua importância, principalmente em momentos de crise.

A chegada da vacina também exige organização para o devido registro das doses aplicadas, locais, profissionais, pacientes e outros dados relevantes para o sucesso da campanha de vacinação contra a covid-19. 

Vantagens

Dentre as vantagens do CNS para os profissionais de saúde, podemos destacar:

  • Possibilidade de identificação imediata do usuário com acesso ao seu histórico de saúde;
  • Maior agilidade e qualidade no atendimento aos pacientes;
  • Mais rapidez no preenchimento de formulários e registros do atendimento
  • Facilidade no agendamento de consultas e exames.

Já os administradores, também possuem vantagens com o programa:

  • Criação e acesso a um cadastro eletrônico 
  • Criação e acesso a um cadastro eletrônico de forma a possibilitar a identificação dos usuários;
  • Geração automática de formulários próprios dos sistemas de informação;
  • Auxílio na elaboração de protocolos clínicos;
  • Modernização dos instrumentos de gerenciamento do atendimento aos pacientes.

Entre outros.

Por fim, temos os usuários do SUS que também desfrutam de benefícios com o Cartão Nacional de Saúde, como a garantia do acesso à bases de dados informatizadas que auxiliam seu atendimento com informações do seu histórico de saúde.

Conheça o Hygia

Desenvolvido por especialistas, o Hygia é um sistema de gestão da saúde pública que visa a automatização dos processos e a promoção da integração entre as unidades de saúde da rede pública. 

Além disso, o sistema também realiza a informatização de clínicas universitárias, garantindo, assim, mais eficiência para a gestão da saúde, com redução de filas e atendimento humanizado.

O Hygia possui duas versões:

Hygia Full, versão completa que reúne todas as funcionalidades de um software robusto para a gestão da saúde.

A Solução é customizada para atender de forma eficiente as demandas das unidades de saúde presentes em prefeituras de grandes cidades.

Hygia Lite, versão mais compacta do sistema, desenvolvido para prefeituras de cidades com até 100 mil habitantes.

Além de promover a informatização das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), o Hygia Lite está integrado à atenção especializada e de urgência/emergência. A partir dele também é possível acessar o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP).

Que tal agendar uma conversa com nossos especialistas e tirar suas dúvidas sobre o Hygia?

Neste artigo explicamos o funcionamento do Cartão Nacional de Saúde e a sua importância para uma gestão transparente e eficiente.

Gostou do conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais!

Acesse nosso site e conheça todas as funcionalidades da solução!


Anne Coifman

Jornalista de formação, sou apaixonada pela área da saúde pública, possuindo vasta experiência em Secretaria Estadual de Saúde e Vigilância Sanitária. Sempre atenta, busco o melhor das informações para proporcionar melhorias na gestão das unidades de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *