Processo de Acolhimento na SaúdePowered by Rock Convert

Os processos hospitalares precisam ser bem definidos para que a produtividade tanto dos gestores, quanto dos colaboradores, seja mantida em alta.

As unidades de atendimentos médicos que compõem o Sistema Único de Saúde (SUS), costumam ter muitas demandas e isso pode ser um desafio para o gestor da saúde pública.

Sendo assim, confira neste post 5 dicas para melhorar a gestão dos processos hospitalares!

Continue conosco!

Processos Hospitalares: O que são?

Antes de falarmos sobre as dicas, vamos entender o que de fato são os processos hospitalares.

O cotidiano da administração de um hospital ou unidade básica de saúde (UBS) costuma ter muitas demandas referentes à todos os processos que envolvem a instituição, como por exemplo, atendimentos, rotinas administrativas, controle de equipamentos, leitos, medicamentos, entre outros.

A gestão hospitalar é complexa e, por isso, é necessário manter todos os setores da instituição em sintonia. Desta forma, o trabalho torna-se mais eficiente e ágil.

Tipos de processos hospitalares

O processo hospitalar tem início a partir do momento em que o paciente é admitido na unidade de atendimento médico. Podemos citar como exemplos deste processo:

  • Faturamento;
  • Preenchimento de formulários;
  • Integração das informações de saúde no Prontuário Eletrônico do Paciente;
  • Dispensa de medicamentos;
  • Disponibilização e controle de leitos, entre outros.

Por isso, contar com ferramentas e práticas que auxiliam a gestão da saúde pública e promovem assistência personalizada e humanizada ao paciente, é fundamental.

gestão-de-processos-hospitalares

Processos Hospitalares: Confira dicas para melhorar a sua gestão!

A seguir, apresentamos 5 dicas para melhorar a gestão dos processos hospitalares.

Confira!

Realize a Gestão de Informações

O Sistema Único de Saúde (SUS) atende a aproximadamente 150 milhões de usuários no Brasil. Este número é refletido no cotidiano das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e também nos hospitais que sofrem com a alta procura por serviços médicos.

Para que os gestores e líderes consigam organizar o fluxo de trabalho, atendimentos e gerenciar os procedimentos com qualidade e agilidade, é preciso realizar a gestão das informações.

Os sistemas de gestão da saúde possibilitam a reunião e integração de informações relevantes e, assim, permite a coleta e análise de dados pelos gestores. O resultado é a tomada de decisão acerca das necessidades da instituição, realizada de forma assertiva e baseada em dados.

Leia também: Gestão Hospitalar: Conheça 6 ferramentas para otimizá-la!

Implemente o Lean Health Care

Uma alternativa para manter a produtividade nos processos hospitalares em alta, é adotar o método Lean Healthcare.

O seu conceito engloba um conjunto de métodos de gerenciamento na área da saúde, objetivando a criação de valor máximo para os pacientes, além de redução de desperdícios e tempo de espera.

O Lean Healthcare utiliza ciclos contínuos de aprendizagem focando nos seguintes pontos:

  • Processos de cuidados de saúde;
  • Pacientes;
  • Prestadores de cuidados de saúde pessoal;
  • Pessoal de suporte.

Entre as vantagens da implementação desse método de gestão, podemos citar: otimização dos processos, como a redução no tempo de admissão do paciente, coleta e atendimento médico, controle de medicamentos e insumos, melhorias nos indicadores da duração da estadia do paciente, entre outras.

Leia também:  Lean Healthcare: Como implantar na gestão da saúde pública?

Implemente um Sistema de Gestão Integrado

Como vimos, o gerenciamento das informações circulantes na instituição é fundamental para manter o bom funcionamento dos processos hospitalares. Um sistema de gestão integrado tem como função ajudar os diferentes setores da unidade de saúde, como por exemplo, o setor financeiro, atendimento, fidelização dos pacientes, dentre outros.

O Hygia é um software voltado ao setor público. Desenvolvido por especialistas, a sua utilização nas Unidades Básicas de Atendimento permite um ganho de produtividade e humanização na oferta de serviços médicos aos pacientes do SUS.

A plataforma possui uma versão completa, o Hygia Full, que é customizada para atender com eficiência às demandas das prefeituras de grandes cidades, e também uma versão mais compacta desenvolvida para prefeituras de pequenas cidades, com até 100 mil habitantes, o Hygia Lite.

O sistema conta ainda com uma integração com o aplicativo Hora Marcada, que permite o agendamento remoto de consultas por municípios do Estado de São Paulo.

Leia também: Software para UBS: Como agilizar o agendamento de consultas?

Conte com um Sistema de Agendamentos

Para que a instituição de saúde mantenha um ritmo saudável de atendimentos e o fluxo de trabalho organizado, contar com recursos tecnológicos através da informatização da recepção é uma boa alternativa.

Você conhece o Hora Marcada? Vamos explicá-lo!

Integrado a um sistema como o Hygia Agendamentos, o Hora Marcada é um aplicativo que permite aos usuários a marcação de consultas médicas diretamente de seu smartphone ou tablet.

Desta forma, a aplicação ajuda a melhorar o fluxo de trabalho nas unidades de saúde, além de garantir conforto aos usuários do serviço de saúde, visto que não precisam se deslocar até a unidade de atendimento para realizar o agendamento da sua consulta médica.

Conheça mais: Hora Marcada: Facilite o agendamento de consultas em seu município

Padronize Processos

Utilizar a tecnologia a favor da gestão é uma prática mais do que bem-vinda. Porém, é importante lembrar que ela também depende dos processos físicos. Com isso, queremos ressaltar a importância da definição e distribuição das atividades entre os colaboradores e gestores.

Estabelecer funções administrativas e, também, de pré-atendimento, permite que os processos hospitalares sejam conduzidos com mais agilidade e melhor entrega de resultados ao usuário do sistema único de saúde.

Mapear e revisar protocolos, possibilita a identificação dos pontos que necessitam de melhorias na instituição e, desta forma proporciona uma gestão mais eficiente.

Leia também: Interoperabilidade na Saúde: Entenda como funciona no SUS

Neste artigo você pôde entender como os processos hospitalares funcionam, além de conferir 5 dicas para melhorar a sua gestão.

Quer saber mais sobre o Hygia?

Acesse nosso site e conheça todas as funcionalidades da solução!

Lei Geral de Proteção de DadosPowered by Rock Convert

Anne Coifman

Jornalista de formação, sou apaixonada pela área da saúde pública, possuindo vasta experiência em Secretaria Estadual de Saúde e Vigilância Sanitária. Sempre atenta, busco o melhor das informações para proporcionar melhorias na gestão das unidades de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *