Processo de Acolhimento na SaúdePowered by Rock Convert

Vai tirar férias e viajar no fim de ano?  Fique atento às vacinas!

Saiba quais vacinas você deve tomar, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), antes de embarcar nos esperados dias de descanso.

Confira nosso post!

 Vacinas nas férias?

O final do ano é muito aguardado devido à chegada das férias escolares e, para muitas pessoas, no trabalho também.

Muitas viagens são realizadas neste período, e é comum surgirem dúvidas sobre quais vacinas são necessárias para determinados destinos.

Quem vai viajar para fora do país, deve ficar atento. Alguns países e estados exigem a carteira de vacinação devidamente preenchida, antes do embarque do passageiro.

Você sabe o motivo da exigência das vacinas?

O local exigente não apresenta riscos ao visitante, porém, a solicitação da caderneta de vacinação previne que o turista leve à cidade doenças contagiosas.

Vacina contra febre amarela é a mais exigidaQual vacina preciso tomar antes de viajar?

A vacina contra a febre amarela é a mais exigida em viagens.

A doença, comum em países das Américas do Sul e Central, assim como em algumas regiões da África, é infecciosa – grave – e transmitida pelo mosquito Aedes aegypti (o mesmo transmissor da dengue). Não tem cura.

Regiões como zonas rurais, florestas e que possuem grande contato com a natureza são as mais exigentes com a vacinação.

Confira as vacinas mais solicitadas, pela Anvisa, aos passageiros:

  • Febre Amarela;
  • Tétano;
  • Difteria;
  • Hepatites A e B;
  • Tríplice Viral (sarampo, caxumba e da rubéola);
  • Antirrábica (proteção contra a raiva eventualmente transmitida em mordidas de cachorros, ratos e morcegos).

Quais locais exigem vacinação prévia?

No Brasil, a vacina contra febre amarela é recomendada para áreas de mata e rios nas regiões Norte e Nordeste, devido ao clima.

Os Estados do Rio de Janeiro (RJ), Espírito Santo (ES), Minas Gerais (MG) e São Paulo (SP) têm recomendação para a vacinação, já que surtos localizados nas zonas rurais foram registrados.

A recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é de que qualquer vacinação seja realizada entre seis e oito semanas antes da viagem, no mínimo. E com quatro semanas, no máximo.

No caso da febre amarela, a imunização ocorre apenas após o período de 10 dias, contados a partir da data de vacinação.

Ou seja, o viajante deverá tomar a vacina com, no mínimo, dez dias de antecedência.

É necessária a obtenção do Certificado Internacional de Vacinação (CIV). Para obtê-lo é simples:

  • Ao vacinar-se, guarde o certificado de vacinação;
  • Busque o Centro de Orientação ao Viajante da Anvisa mais próximo.
  • Basta levar seu comprovante de vacinação junto à sua identidade no Centro de Orientação ao Viajante da Anvisa escolhido e emitir o certificado.

Leia também: Como a vacina contra o sarampo age no nosso corpo?

Atenção!

Os centros de gestão privada (identificados como PRIVADO ou SMS) emitem o certificado para os viajantes vacinados no próprio local.

Já os Centros da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitem apenas o certificado, não realizando a vacinação.

Desde 11 de julho de 2019, a vacina contra febre amarela é válida para a vida toda, até mesmo para quem se vacinou antes desta data.

Como solicitar o Certificado Internacional de Vacinação pela internet?

Confira, abaixo, os passos para a solicitação do CIV online!

  • Vacine-se e guarde o certificado de vacinação;
  • Cadastre-se no Portal de Serviços, usando seu CPF e e-mail;
  • Preencha um formulário do site e encaminhe uma foto ou um arquivo digitalizado do RG e do comprovante nacional de vacinação;
  • Caso seu processo seja analisado e aprovado pela Anvisa, você receberá, em até cinco dias úteis, um e-mail contendo seu certificado internacional.
  • Imprima e assine no local adequado.

Por hoje é isso! Não deixe de atualizar seu cartão de imunização, proteja-se e aproveite sua viagem!

Conheça o Hygia, sistema de gestão em saúde pública! Acesse já

Até a próxima!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *