Processo de Acolhimento na SaúdePowered by Rock Convert

A gestão de fluxo de pacientes é um dos grandes desafios da saúde, seja no setor público ou privado. Especialmente na saúde pública, longas filas e o tempo de espera são alguns dos problemas enfrentados.  

A rotina da área da saúde é bastante corrida e, diariamente, novos pacientes procuram por unidades de saúde para o tratamento e busca por diagnósticos. Há ainda a possibilidade de cenários inesperados, como o da pandemia de covid-19. 

Nestes contextos, se faz ainda mais necessária a otimização do fluxo de pacientes para que a jornada dentro da unidade seja melhorada. O fluxo de pacientes é considerado todo o processo que ele passa dentro do tratamento, desde a entrada até a saída.  

Durante o artigo, você irá entender mais detalhes sobre o assunto, além de saber como otimizar a gestão do fluxo. Continue a leitura! 

O que é o fluxo de pacientes e por qual motivo otimizá-lo? 

O fluxo de pacientes pode ser definido como todos os processos que um paciente passa dentro de uma unidade de saúde, ou seja, a jornada que cumpre. Ao melhorar isso, há ganhos em eficiência e nos cuidados prestados.  

Com a otimização do fluxo de pacientes, os atendimentos ficam mais humanizados e, consequentemente, o resultado é um bom atendimento e maior satisfação com o serviço prestado para a população.  

Uma boa gestão de pacientes auxilia na forma com que eles caminhem para uma forma mais rápida e segura para solucionar os problemas. 

Leia também: Gestão em Saúde Pública: 3 Práticas indispensáveis para realizá-la de forma eficiente 

Como uma otimização de gestão influencia no fluxo de pacientes? 

Implementar formas de otimização influencia diretamente no fluxo de pacientes e qualidade do atendimento recebido nas unidades de saúde. 

Confira alguns pontos que podem ser melhorados com uma boa gestão. 

Diminuição do tempo de espera 

Realizar uma classificação de riscos correta e contar com a tecnologia como aliada pode ajudar a diminuir o tempo de espera para atendimento. A lotação e o tempo de espera são, hoje, um dos maiores desafios a serem enfrentados pela saúde.  

Oferecer a marcação de consultas e exames de forma on-line, por exemplo, é uma forma de otimizar a gestão. 

Melhora na produtividade 

Com menos tarefas manuais, a equipe pode se dedicar a outras atividades importantes para o dia a dia da unidade de saúde. Ao diminuir a superlotação, o atendimento também melhora como consequência. 

Humanização da saúde 

Com as melhorias e adoção de estratégias para otimizar a saúde, a humanização do atendimento e acolhimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é um resultado esperado e que pode ser percebido pelos profissionais e pacientes.  

Em situações de risco, o clima vivenciado pelo paciente é de fragilidade. Com um atendimento mais humanizado, a jornada do paciente tende a melhorar.  

Custos operacionais  

A tecnologia tende a ser uma grande aliada da gestão, principalmente quando falamos de custos operacionais. Um sistema de gestão ajuda no controle de fraudes e assistência farmacêutica. 

Estratégias para otimizar o fluxo de pacientes 

Depois de conhecer o que pode ser melhorado com uma boa gestão de fluxo de pacientes, é hora de saber quais estratégias podem ser utilizadas no processo.  

Vamos lá? Confira. 

  • Melhorar a comunicação e integração das equipes; 
  • Gerenciar melhor o tempo; 
  • Definir e medir indicadores; 
  • Digitalização da jornada do paciente; 
  • Automação de processos; 
  • Padronização de práticas; 

Entre outras ações que podem ser adotadas.  

Otimização de fluxo de pacientes: utilize um sistema de gestão 

Conforme vimos ao longo deste artigo, a tecnologia é a ajuda que a gestão de saúde precisa em diversos momentos, entre eles, na otimização do fluxo de pacientes e melhora no acolhimento e atendimento, de um modo geral.  

O Hygia é um sistema de gestão de saúde, voltado para o setor público e universidades, que possui versões que atendem às diferentes demandas das unidades de saúde.  

Conheça o sistema e saiba como ele pode ajudar a melhorar a gestão de saúde de sua unidade.  


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *